Páginas

11 de fev de 2012

Corpo e Espírito




















Conteúdo extraído do O Livro dos Espíritos – Introdução – capítulo VI:


“Deus é eterno, imutável, imaterial, único, todo-poderoso, soberanamente justo e bom. 
Criou o Universo que compreende todos os seres animados e inanimados, materiais e imateriais. 
Os seres materiais constituem o mundo visível ou corporal e os seres imateriais o mundo invisível ou espírita, quer dizer, dos Espíritos. 
O mundo espírita é o mundo normal, primitivo, eterno, preexistente e sobrevivente a tudo. 
O mundo corporal não é senão secundário; poderia cessar de existir, ou não ter jamais existido, sem alterar a essência do mundo espírita. 
Os Espíritos revestem, temporariamente, um envoltório material perecível, cuja destruição, pela morte, os torna livres.


Entre as diferentes espécies de seres corpóreos, Deus escolheu a espécie humana para a encarnação dos Espíritos que atingiram um certo grau de desenvolvimento, o que lhe dá a superioridade moral e intelectual sobre os outros.


A alma é um Espírito encarnado, do qual o corpo não é senão um envoltório. 
Há no homem três coisas: 1º - o corpo ou ser material análogo aos dos animais e animado pelo mesmo princípio vital; 2º - a alma ou ser imaterial, Espírito encarnado no corpo; 3º - o laço que une a alma ao corpo, princípio intermediário entre a matéria e o Espírito. 
O homem tem assim duas naturezas: pelo corpo, participa da natureza dos animais, dos quais tem o instinto; pela alma, participa da natureza dos Espíritos. 
O laço ou perispírito que une o corpo e o Espírito é uma espécie de envoltório semi-material. A morte é a destruição do envoltório mais grosseiro, o Espírito conserva o segundo, que constitui para ele um corpo etéreo, invisível para nós no estado normal, mas que pode, acidentalmente, tornar-se visível e mesmo tangível, como ocorre no fenômeno das aparições. 
E Espírito não é assim um ser abstratro, indefinido, que só o pensamento pode conceber; é um ser real, circunscrito, que, em certos casos, é apreciado pelos sentidos da visão, audição e tato.”


Aula:


Nós somos formados de CORPO e ESPÍRITO.


O ESPÍRITO é eterno, ou seja, nunca morre. O CORPO serve de morada para o ESPÍRITO enquanto vivemos na Terra.


Nosso CORPO guarda o ESPÍRITO e fica ligado a ele por um laço, como se fosse um laço de presente.


Quando o nosso CORPO fica fraco e doente acontece o desencarne ou morte. Com isso esse laço se solta e nosso ESPÍRITO volta para o plano espiritual. O nosso CORPO é enterrado e volta para a terra.


Nosso ESPÍRITO passa a viver no plano espiritual e se torna invisível para as pessoas que vivem na Terra.


OBS: Usar dois bonecos unidos por um laço de fita na explicação.


Cuidados com o Corpo


Como nosso CORPO é a morada do nosso ESPÍRITO, precisamos cuidar muito bem dele para que viva por bastante tempo.


Tomar banho todos os dias
Lavar as mãos antes das refeições, ao usar o banheiro e ao chegar da rua ou sempre que estiverem sujas.
Escovar os dentes ao acordar, antes de dormir e depois das refeições.
Lavar e pentear os cabelos; cortar e limpar as unhas para manter a boa aparência.
Andar sempre calçado
Comer somente o necessário, sem excessos.
Passear ao ar livre, brincar, praticar esportes para exercitar o corpo físico, auxiliando para que ele cresça saudável e forte.
Ler bons livros e revistas. A higiene mental é muito importante para nossa saúde.
Referência: Seara do Mestre

0 comentários:

Postar um comentário